História

Em Setembro de 1991 nascia em Mirandela, no coração da região transmontana, o Clube Ténis de Mesa de Mirandela que, passado pouco mais do que um quarto de século se pode afirmar, é o melhor clube da modalidade em Portugal.

Com forte implantação local, regional e nacional, participou já por diversas vezes na ETTU Cup, segunda prova de Equipas da Europa e já representou Portugal na prova maior do velho continente de Equipas, a Liga dos Campeões.

O passado fala por nós e os resultados desportivos e sociais falam pela obra que estamos a realizar. Nos oitenta anos de Ténis de Mesa em Portugal, o Sporting CP lidera o ranking absoluto dos clubes com 140 títulos de equipas e o CTM Mirandela com apenas 28 anos, está situado no segundo lugar com 117 títulos conquistados. Interessante é também saber que o SL Benfica, com 65 títulos está situado no 3º lugar.

Se pelo todo o CTM Mirandela está muito bem colocado nas tabelas e nos rankings, muito importante será afirmar que no setor feminino tem exercido forte hegemonia no que diz respeito à equipa sénior, nas três mais importantes provas dos calendários nacionais, em todas as modalidades: 1ª Divisão, Taça de Portugal e Supertaça. Na 1ª Divisão Feminina, nas últimas 14 épocas, ganhamos 13 títulos. Na Taça de Portugal nos últimos 23 anos, vencemos 20 e na Supertaça nos últimos 21 anos ganhamos por 18 vezes.

Pilar muito importante também no nosso clube é o setor da Formação e neste momento, no quadro dos clubes vencedores dos Campeonatos Nacionais de Jovens, o CTM Mirandela é líder, seguindo do Sporting CP,  Câmara de Lobos, o SL Benfica em quarto lugar e na quinta posição, está o Estrela da Amadora.

Com instalações cedidas pela Câmara Municipal de Mirandela pelo período de 25 anos, com perto de uma centena de atletas a praticar Ténis de Mesa quase todos os dias, com uma equipa Técnica composta por oito treinadores, o CTM Mirandela tem permanentemente atletas a representar as várias seleções nacionais em Campeonatos da Europa e Opens internacionais, tendo sido também reconhecido pela Federação Portuguesa de Ténis de Mesa com a categoria de Clube Formador, estando por isso autorizado a celebrar contratos de Formação Desportiva.